MISSÃO DA MAIS+

September 15, 2016

 
A MAIS é uma organização missionária cujo ministério é fundamentado em 3 pilares:  A ARENA, A NATUREZA e O OBJETIVO.

 

     A igreja sofredora é o objetivo de missão da MAIS, como seu próprio nome já diz, de ser apoio à igreja sofredora. Os motivos pelas quais ela sofre são diversos, e os que fazem parte do nosso foco de atuação são: desastres naturais (como os terremotos no Haiti e Nepal), situação de guerra, e perseguição religiosa.

Essa é a igreja sofredora.

 

     A igreja estável, por outro lado, não passa por tribulações. Ela é o oposto disso tudo e é mais próxima da realidade brasileira. O nome “estável” vem daí: ela não sofre por causa de instabilidades. Geralmente, ela paga as contas em dia. Não há guerras ou perseguição.

Porém, essa igreja estável também sofre. É um sofrimento silencioso, que não aparece nos jornais. É um sofrimento sem barcos cheios de gente atravessando o mar ou fotos de crianças afogadas na praia ou em carros de ambulância.

     

     A igreja estável sofre de um sofrimento que não vem em uma bomba ou ataque terrorista, que não vem na velocidade de um tiro ou uma pedra. É um sofrimento que cresce ao poucos, devagar, quase imperceptível.

 

     A maioria dos relatos de igrejas assim vêm dos Estados Unidos e Europa, mas é possível ouvir relatos de igrejas brasileiras caminhando nessa direção: um caminho não mais trilhado pelo soprar do Espírito.

Por outro lado, a igreja sofredora, por não ter opção a não ser buscar socorro no Eterno, não dá nenhum passo se não for ao lado dEle. Por isso, são abençoados, justamente por causa das tribulações que passam.

“Bem-aventurados serão vocês quando, por minha causa os insultarem, perseguirem e levantarem todo tipo de calúnia contra vocês.” (Mateus 5:11)

Essa é a igreja sofredora.

Mas há esperança para a igreja estável. E a esperança está justamente quando nos envolvemos com os que sofrem.

Se temos um motivo para nos envolvermos com os que sofrem, não é simplesmente para aliviar o sofrimento deles, mas para deixarmos Deus nos curar de nosso próprio sofrimento, aquele silencioso, que cresce distante de Deus, deixando de ouvir o sopro do Espírito, pouco à pouco.

 

     A igreja estável se envolve com a igreja sofredora não simplesmente porque eles sofrem e precisam de nós, mas porque a igreja estável sofre em silêncio e precisa deles para voltar a ouvir.

 

     A igreja estável não se envolve apenas porque encoraja a igreja sofredora a permanecer firme na fé, mas porque é encorajada pela igreja sofredora a não basear sua fé nas circunstâncias e nas coisas que vê.

Se envolver com a igreja sofredora é a esperança da igreja estável em aliviar seu próprio sofrimento. Afinal, quando um membro do corpo sofre, todos sofrem junto; e se um membro é honrado, todos têm alegria nisso.

Se há uma esperança para o sofrimento em silêncio da igreja estável que cada um de nós carrega dentro de si, é o de se envolver com a igreja sofredora, portadora das infinitas riquezas de fé.

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

Posts Em Destaque

ELES SÃO COMO NÓS!

February 4, 2019

1/10
Please reload

Posts Recentes

February 4, 2019