O Trabalho, Ponto de Missão

Work as mission, a missão no local de trabalho: testemunho e transformação.

As pessoas do Movimento de Lausanne estão prestando mais e mais atenção ao local de trabalho. Por local de trabalho se entende qualquer ambiente no qual as pessoas desempenham sua atividade laboral – negócios, governo, educação, medicina, cuidado das crianças em casa, ONG… – fora da igreja e de suas organizações. O Compromisso de Lausanne deu uma especial relevância ao local de trabalho na seção II A 3: “A verdade e o local de trabalho”. Por que toda esta atenção? Há duas razões fundamentais: Testemunho e Transformação. As duas derivam da Grande Comissão.

TESTEMUNHO NO LOCAL DE TRABALHO

As oportunidades de contato nos levam a reconhecer que o local de trabalho é um ambiente frutífero para o testemunho. Tem seu ponto de partida na primeira parte da Grande Comissão: “Ide, portanto, fazei discípulos de todas as nações” (Mateus 28:19). O local de trabalho é um dos poucos lugares onde crentes e não crentes passam muito tempo juntos e leva-os a se conhecerem muito bem.

Muitas pessoas, especialmente nas economias pós-industriais, fazem algumas de suas amizades mais íntimas no trabalho.

Em algumas partes do mundo, a evangelização pública ou que tenha a igreja como base está proibida, restrita ou é ineficaz, mas os cristãos têm uma oportunidade de falar individualmente com seus colegas de trabalho.

Ao longo da vida, passamos umas 100.000 horas no trabalho, onde às vezes se criam laços a partir de tarefas ou interesses comuns. Isto gera oportunidades de se falar sobre temas importantes como a questão de Deus.

Se estamos abertos de coração, chegamos a amar e a nos preocupar por nossos companheiros de trabalho. Se somos colaboradores dignos de confiança e respeitosos, muitos deles responderão à nossa amizade. Pode ser que nos perguntem qual é a fonte de nossa conduta e integridade e, naturalmente, falaremos de Jesus quando respondermos. Eles podem achar este tipo de conversa menos agressiva, dissuasiva ou falsa e podem considerá-la mais amistosa, aberta e autêntica que se estivessem falando com um estranho ou indo a uma igreja.

TRANSFORMAÇÃO DO LOCAL DE TRABALHO

A segunda razão pela qual o local de trabalho está atraindo a atenção é a transformação. A transformação aparece na segunda metade da Grande Comissão: “ensinando-os a guardar todas as coisas que vos tenho ordenado” (Mateus 28:20). Obedecer a Deus transforma as vidas das pessoas, das organizações e as culturas; em outras palavras, os locais de trabalho.

Por exemplo, obedecer ao mandamento de “AMARÁS A TEU PRÓXIMO COMO A TI MESMO” (Mateus 22:39), pode levar-nos a criar produtos e serviços que melhorem a vida das pessoas, além de nos proporcionar um rendimento financeiro.

As palavras de Jesus: “Era forasteiro, e me hospedastes” podem levar-nos a aumentar as oportunidades de emprego para pessoas que antes eram discriminadas ou subaproveitadas em nosso local de trabalho.

O que Paulo nos recorda é que “a manifestação do Espírito é concedida a cada um visando a um fim proveitoso”, o que pode levar-nos a cuidar do meio ambiente, educar os filhos, praticar a justiça no trabalho ou planejar estratégias financeiras que beneficiem nossas comunidades.

O trabalho tem sido parte do desígnio de Deus desde o princípio (Gênesis 1:28; 2:15), e quando trabalhamos em Cristo, todo o trabalho se converte para o serviço a Deus (Colossenses 3:23).