Igreja é fechada após falsas acusações

November 7, 2017

Cristãos são acusados falsamente de distribuir folhetos de provocação a muçulmanos e igreja é fechada

 

 

A polícia de Minia, no Egito, fechou outra igreja e prendeu 15 pessoas na aldeia de Ezbet Zakariya na sexta-feira de 27 de outubro depois que uma multidão atacou cristãos coptas com pedras e destruiu algumas das suas propriedades.

 

A violência parece ter sido alimentada por um folheto que foi distribuído no mesmo dia, dizendo: "abrimos a igreja apesar de você". O que, supostamente, referia-se à recente renovação do edifício que a comunidade cristã copta usa para reuniões de adoração há décadas, diz relatório do site de notícias egípcio Watani.

 

O texto fez parecer que os coptas estavam por trás disso, mas os moradores da região disseram ao site Watani que "nenhum cristão em sã consciência iria provocar os muçulmanos ao elaborar um folheto como esse”.

 

Perseguidos e difamados

 

Uma fonte local disse à Portas Abertas que o folheto foi distribuído em três ruas e entregue à uma mesquita na manhã de sexta-feira, antes da reunião de adoração. A fonte também informou que os presos eram inocentes, já que a comunidade copta "conhece os extremistas que plantaram os panfletos e que escaparam quando a polícia chegou".

 

Quatro outras igrejas da região foram fechadas à força no fim de semana anterior, três delas em Minia, a quarta em Sohag, ao sul de Minia. A Portas Abertas é informada regularmente sobre as comunidades coptas e quando o acesso à igreja a elas é negado. Além disso, há notícias de que, nas comunidades rurais, rumores sobre a construção de uma nova igreja causam tumultos entre muçulmanos. Ore pelos cristãos do Egito e clame por justiça para as igrejas que enfrentam perseguição no país.

 

Leia também

 

Aprovada lei que regula construção e reforma de igrejas

“Deus tinha outros planos pra mim”

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

Posts Em Destaque

ELES SÃO COMO NÓS!

February 4, 2019

1/10
Please reload

Posts Recentes

February 4, 2019