Sou Mãe de Missionário

May 19, 2018

 

Maria foi escolhida por Deus como protagonista do papel mais importante que uma mulher poderia receber. Ser mãe de Jesus Cristo, missionário por excelência, que veio ao mundo para salvar a humanidade perdida. Para Maria, confiar em Deus foi muito mais do que dizer sim e aceitar ser a mãe do Salvador. Ela colocou-se como a “serva do Senhor”, pronta para fazer a vontade de Deus. “Mas o anjo lhe disse: Não tenha medo, Maria; você foi agraciada por Deus! Você ficará grávida e dará à luz um filho, e lhe porá o nome de Jesus. Ele será grande e será chamado Filho do Altíssimo. O Senhor Deus lhe dará o trono de seu pai Davi, e ele reinará para sempre sobre o povo de Jacó; seu Reino jamais terá fim”. (Lucas 1, 30-33)

 

A entrega de um filho para a obra missionária provoca um misto de emoções no coração de uma mãe: ansiedade com expectativa, alegria e preocupação, algo indescritível, inexplicável. Ser mãe de missionário tem valor inestimável para Deus, pois ela dedica o fruto do seu ventre ao Senhor e este homem ou mulher obedece a Deus e leva o Evangelho a povos e locais ainda não alcançados. E neste mês de maio, mês das mães, lembramos um imenso número de mulheres que contribuem para a expansão do Reino de Deus, as mães de missionários.

 

Essas mulheres amam seus filhos mas, amam muito mais a Deus e a Sua obra missionária. Por isso, se alegram com o chamado missionário de seus filhos, mesmo que isso lhes custe a ausência do filho e traga muita preocupação . Cada mãe de missionário vai ao campo com seu filho, mesmo que nunca coloque os pés nos lugares por onde seus filhos estão anunciando o Evangelho. Elas choram pela saudade, mas são gratas porque seus filhos escolheram dedicar suas vidas ao Senhor e abraçaram a oportunidade de levar o Evangelho aos confins da terra. Elas oram incessantemente pedindo a Deus que guarde e proteja seus filhos, mas clamam para que eles sejam perseverantes e agradecem a Deus por eles terem sido escolhidos para a obra missionária.

 

Os depoimentos  de mães de missionários, mulheres anônimas que clamam a Deus por seus filhos, deixam claro que a saudade existe, mas a alegria de participar para ampliar o Reino de Deus é maior. “Eu sinto muitas saudades e, às vezes,  tenho vontade de ir buscá-la, de beijar a minha menina, mas eu sei que o melhor lugar que ela poderia estar vivendo aqui na terra neste momento, com certeza, é no campo missionário”…; …“saudade dói demais o peito, ele lá naquele país tão distante, mas o amor de mãe ninguém tira, a saudade é grande mas quando a gente lembra que tudo é para honra e glória do Senhor, que deu seu único filho  por nós na Cruz, aí louvamos a Deus”.

 

Ser mãe de missionário é ter a fé fortalecida, pois elas aprendem a colocar totalmente a sua confiança em Deus para livrar seus filhos de perigos e dificuldades no campo. Ser mãe de missionário é garantir aos filhos que enquanto eles estiverem nos quatros cantos da terra pregando as Boas Novas do Evangelho de Jesus, joelhos estarão dobrados em oração e glorificando o nome do Senhor.

 

Fonte: Radar Missionário

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

Posts Em Destaque

ELES SÃO COMO NÓS!

February 4, 2019

1/10
Please reload

Posts Recentes

February 4, 2019